Self-Challenge 1: Review - Now is Good

Então, esse é o primeiro post do self-challenge. Se você não sabe do que se trata, clique aqui. Agora se você já sabe do que eu estou falando, vamos ao assunto...

Eu queria começar me desculpando por só estar fazendo review de filmes de drama ou romance ultimamente (incluindo esse). I'm such a girl... Sorry, not sorry. Mas se serve de consolo, o review do próximo post é de um filme de terror totalmente covarde chamado A Serbian Film. Se você não conhece, wait for it.


Agora o que interessa: Esse post é sobre o filme Now is Good.

NIG é um filme de drama britânico. E quando digo drama, i mean it. É um filme daqueles que vão te fazer chorar, pensar e querer viver um amor bonitinho. (Se serve de consolo, o efeito passa depois de assistir A Serbian Film).

Breve resumo da história: Tessa (Dakota Fanning) é uma adolescente de 17 anos apaixonada pela vida. O caso é, ela tem Leucemia, e não tem muito tempo de vida, logo, ela desiste do tratamento e faz uma lista com todas as coisas que quer fazer antes de morrer e começa a realizar seus planos com a ajuda de sua melhor amiga Zoey (Kaya Scodelario). No entanto, ela acaba se apaixonando por Adam (Jeremy Irvine), seu novo vizinho.


Enfase na atuação da Dakota Fanning nesse filme. Na minha opinião, foi o melhor filme dela até agora. No entanto, achei que escolheram o ator errado para o papel de Adam. Achei o Jeremy Irvine meio bobo.

NIG é um filme pra fazer o telespectador sentir. Retrata a protagonista querendo viver ao máximo, seu pai em fase de negação (e ao mesmo tempo, obcecado por conhecimentos sobre câncer), por não querer perder a filha e uma mãe distante.


Ênfase também no relacionamento de Tessa e Adam. Tessa acredita que o amor que ela sente por Adam, é capaz de curá-la, mesmo estando em estado terminal, e Adam cuida dela até o último momento, mesmo sabendo que em breve, irá perdê-la.


Agora uma nota off-topic: O personagem de Kaya Scoledario. Bem, o principal trabalho de Kaya com certeza foi seu papel como Effy Stonem em Skins. Em Now is Good, ela é exatamente a Effy. Mesmas roupas, atitudes, exatamente a mesma atuação, sem tirar nem pôr. Só confesso que achei muito estranho ela grávida no filme.


Outra coisa que eu gostei muito, foi a trilha sonora. Principalmente Blue Jeans, da Lana del Rey no início do filme e I Know You Care, da Ellie Goulding nos créditos.

O filme ainda não está disponível em português, e é até meio clichê, mas vale a pena assistir mesmo assim.


"Our life is a series of moments. Each one a journey to the end. Let them go. Let them all go." Tess Scott

Copyright © 2012, All rights reserved. Under CC 2.5 Brazil License.

Get the Pixels, desenvolvido por Adriana Amaral