Review de Série - New Girl

Eu já devia ter feito esse post há muito tempo, mas eu estava ocupada simplesmente engolindo a primeira temporada de New Girl. Acho que assisti todos os episódios da 1ª temporada em 2 dias.
Ao contrário da maioria dos seriados, New Girl não tem 12 episódios por temporada, mas sim 23. Parece muito, mas acaba nem sendo porque cada episódio tem por volta de 20 minutos.

A série.


Jess (Zooey Deschanel) é uma garota adorável ao extremo, toda girlie, porém esquisita que descobre que está sendo traída pelo namorado e, por morar com ele, decide se mudar.
Ela acaba indo morar com 3 caras em um apartamento: Nick (Jake Johnson), que é um barman que largou a faculdade de direito e, assim como ela, saiu recentemente de um relacionamento longo e complicado, Schmidt (Max Greenfield), que faz o tipo clichê de canalha conquistador e Winston (Lamorne Morris), ex jogador de basquete da Letônia.
Entre os protagonistas, há ainda Cece (Hannah Simone), melhor amiga de Jess, modelo.



A Zooey Deschanel ficou tão perfeita para o papel de Jess que merecia um post só para ela. Quando li a sinopse da série, não achei que ela fosse ficar tão bem como Jess porque a achei um pouco séria no filme 500 Dias com Ela, mas agora que terminei a primeira temporada, não consigo pensar em nenhuma outra atriz para o papel. Ela é boba, toda garotinha, extremamente divertida e gosta de cantar sobre tudo, o tempo todo.
O que mais me diverte sobre ela na série são as tentativas dela de entrar em outro relacionamento. Alguns são até bem sucedidos, mas ela sempre consegue encontrar um empecilho. Há também situações em que ela decide agir como Schmidt e, ao invés de entrar em outro relacionamento, simplesmente pede ajuda dos caras para conseguir sexo casual sem sentimentos com alguém.


Jess é desastrada, uma professora apaixonada por seus alunos, apaixonada por tudo. Ela me faz querer cortar uma franjinha, procurar um apartamento com 3 caras na internet e ir morar com eles, cantar o dia inteiro e fazer cupcakes.


A série em si é bem cômica. Apesar de envolver relacionamentos, não chega a ser uma série menininha nem adolescente. Na minha opinião, agrada qualquer um. Eu, particularmente, conheço homens que estão tão viciados na série quanto eu. Não é a toa que, já no primeiro episódio, foi líder de audiência. Elizabeth Meriwether soube como criar e desenvolver a série muito bem.


Eis aqui o trailer da série:




Copyright © 2012, All rights reserved. Under CC 2.5 Brazil License.

Get the Pixels, desenvolvido por Adriana Amaral