Assassin's Creed e a Ubisoft.

Pra quem não sabe, deu a louca na Ubisoft, e eu já te digo o por quê. A publicadora, eleita uma das maiores do mundo e que já publicou episódios de franquias como Resident Evil 4 e que tem entre seus produtos os jogos Assassin's Creed, Far Cry e Prince of Persia, demitiu, sem mais nem menos, Patrice Desilets, o criador da franquia Assassin's Creed.
O que me surpreendeu não foi nem a demissão em si, mas sim a falta de ética da Ubisoft. Ao receber a nota de demissão, Desilets foi escoltado por guardas (sim, escoltado) para fora da empresa sem ao menos ter a chance de pegar seus pertences ou sequer se despedir da sua equipe.


Para complementar a falta de ética profissional da empresa, a Ubisoft publicou que Desilets havia saído de forma "amigável, após uma discussão de boa fé". No entanto, Desilets desmentiu e afirmou que a decisão não havia sido dele. Desilets também afirma que vai entrar contra a Ubisoft por seus direitos, sua equipe e seu jogo.
No entanto, Assassin's Creed não era o único projeto do criador na Ubisoft. Desilets estava trabalhando no desenvolvimento do jogo 1666, que acabou sendo suspenso por tabela pela empresa, fora a demissão de Jean-François Boivin, produtor do jogo.


De verdade, não entendo a Ubisoft. Quem conhece bem os jogos da franquia Assassin's Creed, sabe que a qualidade dos jogos caiu nos últimos lançamentos. No entanto, isso não é motivo para a demissão do criador, até porque o último jogo onde ele teve uma participação direta foi em Assassin's Creed - Brotherhood, o que na minha opinião, foi o último jogo bom da franquia. Para mim, as coisas começaram a desandar em Assassin's Creed - Revelations, que contou com Martin Schelling como produtor.



A Ubisoft afirmou também que vai investir em jogos para Wii U, mesmo depois do console ter tido morte decretada pelo portal Games Industry (texto em inglês) e ser chamado de lixo pela EA Games. Afirmou também que já tem grandes títulos a caminho para o console, como Assassin's Creed IV - Black Flag e Splinter Cell: Blacklist (com data de lançamento para 20 de agosto).

Agora é esperar o Assassin's Creed IV - Black Flag, que tem data de lançamento para 29 de Outubro. No entanto a própria Ubisoft já publicou que a expectativa de venda para o jogo seja menor que a de seu antecessor.
Pra quem não viu, a Ubisoft já liberou o trailer do jogo:

           

Sobre o filme:

O filme baseado no jogo Assassin's Creed finalmente ganhou data de estreia: A adaptação cinematográfica chega aos cinemas no dia 22 de maio de 2015. O filme será distribuído pela Fox e terá em seu elenco o ator Michael Fassbender (O Magneto de X-Men: First Class). No entanto, o elenco completo e o diretor só serão anunciados no segundo semestre de 2013.
Boatos que a adaptação contará com  Michael Lesslie como roteirista. Agora é esperar o segundo semestre para maiores confirmações.

Copyright © 2012, All rights reserved. Under CC 2.5 Brazil License.

Get the Pixels, desenvolvido por Adriana Amaral