Filmes | Resenha - Capitão América - O Soldado Invernal

Antes de ver o filme eu já tinha lido algumas críticas positivíssimas sobre o filme. Algumas pessoas confirmaram inclusive que o filme superou Os Vingadores. Eu, claro, fui com a maior animação assistir o filme e posso confirmar que não me decepcionei.



Diferente de Capitão América - O Primeiro Vingador, O Soldado Invernal se passa dois anos após Os Vingadores, com Steve Rogers (Chris Evans) morando em Washington. O filme se inicia com Steve Rogers formando uma amizade com Sam Wilson (Anthony Mackie), o Falcão, o que logo menos é interrompido por uma missão emergencial.

A missão, que conta com o Capitão América, a Viúva Negra (Scarlett Johansson) e uma subdivisão da S.H.I.E.L.D chamada S.T.R.I.K.E, é capturar o Lemurian Star (Estrela de Lemúria), embarcação que faz parte do projeto Insight, da S.H.I.E.L.D, que foi atacada por mercenários contratados por Batroc (Georges St-Pierre), fazendo vários agentes da S.H.I.E.L.D, inclusive o agente Sitwell (Maximiliano Hernández), reféns. É a partir dessa cena que começam a explodir easter eggs, tanto das HQs, filmes e entre outros, para todos os lados, deixando qualquer nerd feliz.



Capitão América fica furioso com Nick Fury ao perceber que a missão de Viúva Negra não era a mesma que a dele na embarcação. Enquanto Capitão América estava ali para salvar os reféns, a missão de Viúva Negra era coletar informações. A partir daí, começam diversos conflitos sobre confiança dentro da S.H.I.E.L.D.

Na minha opinião, as surpresas que você tem no filme com certeza são as melhores partes. Em sincronia com o seriado Agents of S.H.I.E.L.D, Capitão América - O Soldado Invernal mostra a queda da S.H.I.E.L.D, a forma como a H.Y.D.R.A toma posse de informações e do projeto Insight, e como podemos ver que, na verdade, a H.Y.D.R.A sempre esteve ali, dentro da S.H.I.E.L.D. Em vários momentos fui surpreendida com personagens dizendo "Hail HYDRA", que eu realmente pensei que fossem fiéis a S.H.I.E.L.D.



Há outras surpresas também. A suposta morte de Nick Fury, o que realmente aconteceu ao cientista Alexander Pierce, Natasha Romanoff vazando informações que poderiam até colocá-la em risco para o bem da S.H.I.E.L.D, a Agente 13 (ou devemos dizer, Agente Carter?), Brock Rumlow, do projeto Insight, se revelando como o vilão Ossos Cruzados... Tantas coisas acontecendo simultaneamente. Uma explosão de informações, mas que foram colocadas em uma ordem tão incrível, que deixou desde aqueles que nunca leram uma HQ até aqueles que acompanham fielmente os quadrinhos, surpresos.



E, claro, não há como não falar do Soldado Invernal. Mesmo com pouquíssimas falas, Sebastian Stan deu vida a um Bucky Barnes completo. Não faltou ação em momento algum, a história se desenvolvendo em uma ordem perfeita, ainda quando Bucky começava um conflito consigo mesmo, confuso com seu passado, a história seguiu da melhor forma: Com a justificativa de como Bucky foi "conservado", como suas memórias foram apagadas e como ele se tornou um super soldado. Simplesmente... Completo. Não sobraram perguntas sem respostas, assim como não houve excesso de informações.



A produção do filme foi incrível. Se eu havia achado a cinematografia de Os Vingadores linda, Capitão América - O Soldado Invernal assisti de boca aberta do início ao fim. Fora o desenvolvimento dos personagens... Personagens sérios em meio a queda da S.H.I.E.L.D, com a H.Y.D.R.A se revelando entre agentes que os acompanharam em diversas missões e, ainda assim, com o humor equilibrado para um entretenimento perfeito. Adorei a forma como Falcão e a agente Maria Hill foram usados no filme também.

Equilíbrio perfeito de informações, produção impecável, entretenimento na medida certa. Só não gostei muito do uniforme do Capitão América... E discordo de algumas pessoas que acharam O Soldado Invernal melhor que Os Vingadores... Acho que eles poderiam ter aproveitado o crossover entre o filme e o seriado Agents of S.H.I.E.L.D para dar um desfeixo mais claro, mas essa é a minha opinião e, de qualquer forma, não tenho o que reclamar.



Nota: 9,5/10.

Copyright © 2012, All rights reserved. Under CC 2.5 Brazil License.

Get the Pixels, desenvolvido por Adriana Amaral