Séries | 10 Séries que já chegaram ao fim mas você precisa assistir!

Todos nós conhecemos seriados incríveis, mas que já chegaram ao fim. Confira a lista com 10 sugestões de seriados que já transmitiram seu season finale, mas que você precisa assistir:

1- Breaking Bad:


Essa é provavelmente a série mais conhecida dessa lista. Encerrada em 2015, Breaking Bad conta a história de Walter White, um professor de química que descobre ter câncer e começa a fabricar metanfetamina para ganhar dinheiro para seu tratamento e para cuidar da família. A série inclusive deu origem a uma série spin-off, chamada Better Caul Saul, exclusiva da Netflix.

2 - Lie to Me


Já Lie to Me é provavelmente a mais injustiçada. Cancelada após 3 temporadas, a série conta sobre Dr. Cal Lightman, que tem uma empresa que oferece a empresas de investigação - como o FBI - um modo alternativo bem interessante: A descoberta de mentiras através de pequenas expressões faciais.

3 - Arquivo-X:


Para os amantes de Sci-Fi, Arquivo-X é uma das séries mais consagradas da Fox e acompanha Dana Scully e Fox Mulder na resolução de casos peculiares do FBI, envolvendo desde homicídios e sequestros causados por casos religiosos até aliens e folclores.

4: Twin Peaks:


Criada por David Lynch, Twin Peaks tem como ponto de partida a investigação do assassinato de Laura Palmer, sendo conduzida pelo excêntrico agente Cooper do FBI. A série tem grandes picos de mistério, e chega até a te fazer acreditar que cada morador da cidade tinha um motivo para cometer o assassinato. Disclaimer: A série recentemente anunciou sua volta, depois de 25 anos, para o ano que vem.

5: How I Met Your Mother:


HIMYM é constantemente comparada com Friends, e apesar de ter um ritmo similar, a sinopse é completamente diferente. A série é narrada por Ted, contando aos seus filhos a história de como conheceu a mãe deles. Essa é a única série de comédia da lista, e conta também a história de seus roomates e os amores passados e frustrados de Ted.

6: Lost:


Lost acompanha a vida de sobreviventes em uma ilha tropical após um acidente aéreo, em meio a fatos estranhos e perigos singulares na ilha, desde nativos até eventos sobrenaturais.

7: Band of Brothers:


Band of Brothers é uma minissérie de guerra com apenas 10 episódios, e conta a história da Easy Company, integrante da 101ª Divisão Aerotransportada do Exército dos Estados Unidos, na Segunda Guerra Mundial. A ambientação é incrível e a série é conhecida pela veracidade aos campos de batalha.

8:  Mad Men:


Mad Men se passa na década de 60, em uma agência de publicidade em Nova York. O foco é em seu diretor de arte, Don Draper, tal como a vida profissional das agências e como a publicidade foi afetada com as mudanças dos Estados Unidos na época.

9: Firefly:


Firefly é uma série futurista criada por Joss Whedon e injustamente cancelada na primeira temporada - apesar de ter vendido uma quantia impressionante de DVDs depois. A série conta a história dos humanos após a chegada em um novo sistema solar no ano de 2517, seguindo especialmente a tripulação de uma nave chamada Serenity - nome também dado ao filme originado da série lançado após seu cancelamento.

10: Californication:


Estrelada por David Duchovny, mesmo protagonista de Arquivo-X, Californication conta a história do famoso escritor Hank Moody, que é viciado em sexo e tem problemas com álcool e drogas, tentando se adaptar à vida na Califórnia, superar um bloqueio criativo e lidar com sua conturbada relação com sua ex-namorada e sua filha.

Bônus:

Eu precisava citar essas 10, mas não pude deixar Don't Trust the Bitch in apt. 23 de lado. A protagonista é a Kristen Ritter, que também interpreta Jessica Jones, e gira em torno de Chloe, uma garota excêntrica que vive em Nova York e que causa vários problemas para June, sua colega de quarto. A série também conta com James Van Der Beek interpretando ele mesmo e infelizmente também foi cancelada - o que não a torna uma série menos divertida.


Copyright © 2012, All rights reserved. Under CC 2.5 Brazil License.

Get the Pixels, desenvolvido por Adriana Amaral